NOTÍCIAS

Dia D da Ação Infância e Vida será segunda-feira (30)

25/10/2017

Mobilização visa fortalecer instituições que apoiam crianças e adolescentes com câncer e estimular o diagnóstico precoce da doença

 

 

A próxima segunda-feira (30) será o “Dia D” da campanha Ação Infância e Vida, que visa mobilizar a sociedade para incrementar as doações às instituições de apoio a crianças e adolescentes com câncer. A iniciativa é resultado de uma parceria entre o Banco do Brasil e a Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência às Crianças e Adolescentes com Câncer – CONIACC. Neste dia, as 53 instituições filiadas, incluindo o GACC-RN, realizarão atividades para chamar a atenção da sociedade para a causa. A campanha ocorre desde o dia 15 de agosto e se encerra no próximo dia 31.

 

Como participar:

 

Os interessados podem participar doando valores monetários para a CONIACC ou trocando pontos Dotz e “Ponto pra Você” e “Ponto pra sua Empresa” – através da Livelo, que serão convertidos em doações. A cada 1 milhão de Dotz doados, serão repassados 10.000 à CONIACC. 

 

Para fazer  a transferência acesse esse link.

 

Você deverá colocar suas informações de acesso ao internet banking do Banco do Brasil e informar o valor que deseja transferir.

 

As doações serão feitas através da conta da CONIACC no BB –Agência: 2870-3 – Conta Corrente: 33.000-0.

 

Mais detalhes da ação Infância e Vida: bb.com.br/infanciaevida

 

 

 

 

Sobre o câncer infantojuvenil

 

Apesar de o câncer ser raro em crianças, é a causa de morte mais frequente na faixa etária de 01 a 19 anos, depois de acidentes e doenças infecciosas. Estima-se que ocorrerão cerca de 12.600 novos casos de câncer em crianças e adolescentes no país em 2017.

Porém, o tratamento da criança com câncer é um dos maiores exemplos de sucesso nas últimas décadas. A cura apresentou um giro de 180 graus, passando de 80% de taxa de mortalidade para 80% de taxa de cura.

 

No entanto, a taxa de cura no Brasil, segundo a Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (SOBOPE), é aquém do almejado. Um dos fatores que contribuem para isso é o diagnóstico tardio.

“Uma criança, quando tem a doença diagnosticada precocemente, pode ser tratada com a possibilidade de ter menos sequelas e mais qualidade de vida, por isso é tão importante a família ficar alerta a sinais e sintomas que podem ser câncer e procurar um médico”, alerta Teresa Fonseca - presidenta da Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (SOBOPE).

 

Sinais e sintomas

 

Palidez progressiva, dor óssea, nas articulações, inchaço que provocam dificuldades de andar, manchas roxas ou sangramentos que não são de traumas - principalmente nos membros inferiores e superiores - e febre prolongada que deixa a criança em condições apáticas, são alguns dos sinais e sintomas aos quais pais e responsáveis devem ficar atentos.

 

Dores de cabeça diárias matutinas acompanhadas de vômito, alterações no equilíbrio, na visão, no andar, convulsões, presença de ínguas frequentes, perda de peso importante, assim como a criança que só quer ficar deitada, também podem sinalizar que algo não vai bem. “Diante desses sintomas é importante que a criança seja avaliada por um médico”, reforça Teresa Fonseca.

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

INCRÍVEL!

Nota Potiguar

June 11, 2019

1/3
Please reload

Recentes
Please reload

1/9
Sinais do Câncer Infantil
Tags
RSS Feed

Copyright ©2018 GACC-RN - Grupo de Apoio à Criança com Câncer do Rio Grande do Norte - CNPJ: 41.007.923/0001-52 - Natal, RN, Brasil. CEP: 59020-500

Comunicação Institucional do GACC-RN | Daniel Herrera

Doe Agora!
0
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube